Tuesday, 4 November 2014

Festa de aniversario no EEEI Alberto Torres

Os alunos do 1o. Colegial B do EEEI Alberto Torres combinaram uma festa-de-aniversário surpresa para o Lucio da Silva que faria 16 anos na 3a. feira, dia 4 de novembro de 2014. Foi coletada uma certa soma de dinheiro de cada um dos alunos do 1.B para financiar tal empreitada. Foram comprados amendoins, salgadinhos, balas de coco, brigadeiros, beijinhos e outras guloseimas populares entre os festeiros. 

O pièce-de-résistance da festa foi o bolo de chantilly-com-morangos confeccionado pela mãe da Ananda, dona Karlla. Ah, não se pode esquecer o bolo especial de laranja (com bagaço e casca) assado especialmente pela Profa. Enedina. 


Pamela escreve a congratulação ao Lúcio na lousa; Ananda e Luana introduzem o Lúcio na festa.
Profa.Carmen anota os nomes dos bagunceiros.
Parabéns a você nessa data querida... 
Prof. Angelo contribue com a cantoria... Matheus Azevedo grita 'Feliz aniversario'.
depois de cantar vieram os cumprimentos gerais...




Gabriel Nathan, Alexandre,  & Lucio. 

Sunday, 31 August 2014

Capitao Carlos Lamarca, Quitauna, Osasco

Rio Pequeno has not contributed much in terms of celebrities to our Nation's pantheon. Guerrilla Captain Carlos Lamarca though lived in Quitaúna, Osasco, our neighbour on the west side. Here's a little note about this man who had a heart of gold and was always on the side of the weak and fought against Oppression and Injustice. This is our little contribution to the preservation of Carlos Lamarca's memory. 

Guerrilheiro do Brasil

O Brasil está devendo  a grande reparação
o seu reconhecimento a um nobre cidadão
que pagou com sua vida por defender a Nação.

Eu falo de um capitão por Lamarca conhecido,
que foi grande combatente, patriota destemido,
passou o tempo e Lamarca do povo está esquecido.

Que ele seja remido, que ele seja lembrado,
pelo povo do Brasil, pois ele foi metralhado
por defender o País que estava massacrado.

Lamarca foi fuzilado no estado da Bahia
o Brasil ficou de luto pois nosso povo vivia
sem fé e sem esperança, não tinha democracia.

Um homem da estatura desse bravo Capitão,
era para ser lembrado em toda ocasião
em momentos importantes e datas dessa Nação.

A dita 'Revolução' e famosa Quartelada
dos idos longe de março, foi a maior marmelada
engendrada nos quartéis da Nação espoliada.

Aquela gente fardada depôs nosso Presidente
João Belchior Goulart que estava consciente
de implantar as reformas, uma medida urgente.

Hoje temos Presidente escolhido em eleição
antes tinha general desgovernando a Nação.
Por isso Carlos Lamarca merece reparação.

Eu peço a sua atenção para a história contada;
Lamarca foi combatente numa luta encarniçada
enfrentanto os generais que fizeram a quartelada.

A Assembléia fechada e o biônico senador
nem ministro do Supremo / votar em governador
era um caso impossível no Brasil do ditador.

Lamarca com destemor, da caserna desertou
conduzindo várias armas, a guerrilha comandou
querendo mudar o rumo, a ditadura enfrentou.

O exército expulsou soldados nacionalistas
no ano sessenta-e-quatro chamando-os de comunistas,
mas Lamarca assumiu ser um dos Marxista-Leninistas.

A formação em balística deu-lhe grande experiência
e com uma arma na mão enfrentou com competência
encarando generais, comandou a Resistência,.

Lutou pela Independência, um Brasil nacionalista
o exército fosse do povo e de visão populista
a Direita o enfrentava chamando-o de extremista.

Passando pela revista, Lamarca compreendeu
levando grande arsenal o Capitão entendeu
sua primeira batalha naquele dia venceu.

E a fuga lhe rendeu fuzis e metralhadoras
para ele aquelas armas seriam as redentoras
que ele ia utilizar contra forças repressoras.

As ações destruidoras da Operação Bandeirante
comandada por Fleury; a repressão delirante
torturava até a morte operário e estudante.

A perseguição constante contra a classe operária
contra os artistas do povo era muito temerária
só Lamarca resistia travando a luta contrária.

Sua figura lendária marcou indelevelmente
o espirito patriótico que mora dentro da gente
lutando por nossa pátria com firmeza, bravamente.

Cobro insistentemente a qualquer um bom edil,
que respira a liberdade sob o nosso céu de anil,
vamos reverenciar o guerreiro do Brasil.

O Brasil todo assistiu a luta que ele travou
pois o nosso Capitão, a guerrilha comandou
faz jus a muitas medalhas porque na luta tombou.

A mulher que ele amou e seguiu o seu destino
foi morta em Salvador sem ter um toque de sino
Fleury foi o seu algoz e por fim seu assassino.

O policial ferino, a bela Yara flagrou
e lá na Vila Pituba o carrasco a torturou
sem nenhuma piedade a sua vida tirou.

Somente porque amou e seguiu o companheiro
Yara foi torturada, enforcada num banheiro
longe de Carlos Lamarca, o seu amor guerrilheiro.

Hoje o povo brasileiro não tem o que reclamar
não falta democracia e o povo pode gritar
mas agora é preciso de Lamarca se lembrar.

Vamos reverenciar um nome que é brasileiro
o Brasil tem seu herói destemido, verdadeiro
Carlos Lamarca merece o panteon do guerreiro.

Com o seu tiro certeiro provocou a Ditadura
maestro da pontaria, vestiu sua armadura
com a música da metralha escreveu a partitura.

No meio da noite escura o Capitão enfrentou
o inimigo que um dia ao Brasil escravizou
mas a luta de Lamarca o seu legado deixou.

O seu sangue derramou, molhando o chão da Bahia
em Grotas de Macaúbas tendo em sua companhia
José de Campos Barreto, da mesma ideologia.

Lá no sertão da Bahia nosso Capitão tombou
sem vacilar na coragem e muito colaborou
p'ra mostrar à Ditadura que o povo a renegou.

É bom jamais esquecer de Lamarca o seu valor
fala-se muito em Guevara, que foi grande lutador
mas Carlos Lamarca é nosso Guerrilheiro, sim senhor!

J amais se esquece o valor
D aqueles que interagem
A ante os percalços da vida
N a hora da desvantagem
T ombam, mas tombam lutando
A esses vamos prestando
S ólida e eterna homenagem.

O poeta João Dantas, que, poucos sabem, por sua coerência política esteve as voltas com os inquisidores de 1964, faz, neste cordel, um retrato pungente do guerrilheiro Cartlos Lamarca tombado em Grotas de Macaúbas e rememora a cruel tortura a que foi submetida Yara Iavelberg, musa do guerrilheiro, nas mãos truculentas do insensato Fleury.

João Dantas é o criador do Presépio Vivo do Natal, do Sítio São João, que enriquece culturalmente os festejos juninos, da encenação da chegada dos Tropeiros da Borborema. 

Manoel Monteiro da Academia Brasileira de Literatura de Cordel.

todos os direitos desta edição reservados à JOÃO DANTAS - rua Frei Caneca, 335 - Campina Grande-PB.

Vendas: Cordelaria Poeta Manoel Monteiro - dispõe de um avariado sortimento de cordéis. Enviamos para todo Brasil sobe pedido. Rua Vigário Virginio, 52 - Santo Antonio - 58.103-340 - Campina Grande-PB.



Yara Iavelberg & Capitan Carlos Lamarca shooting in Quitaúna, Osasco.


Quartel do Exercito em Quitaúna, Osasco, que Capitão Carlos Lamarca serviu nos anos 1960s.


Quitaúna tracks

Saturday, 23 August 2014

Alunos do Alberto Torres detonam mega-show 23 Agosto 2014

Reunião dos pais de alunos da Escola Estadual Alberto Torres ocorreu na manhã ensolarada de sábado, dia 23 Agosto 2014. Apresentação de vários grupos de alunos, começando-se com o Grupo Teatral, que encenou uma mini-peça muito interessante sobre novos costumes e a arte da resolução de conflito entre as várias tribos e suas tendências sexuais. Tema atualíssimo.


Chegando ao Alberto Torres para o grande dia.
filho e mãe tem uma conversa muito particular 
filho diz que vai se casar e daí começam os problemas de adaptação...
Vinícius & Maria
elenco foi muito aplaudido
após o teatro voltamos todos à quadra principal. Vitor França, sua mãe & coordenadora Beti.
grupo do 'Jornal da Mosca' apresenta seu trabalho; da esq. à dir.: Larissa, Julia, Zilian, ...., Juliana, Gabriela Hencke, Isabela, ...; Na apresentação do data-show a máquina emperrou mas tudo foi solucionado pela intervenção do rapaz de vermelho.
simpáticos novíssimos jornalistas do 'Jornal da Mosca'; Julia & Larissa Duarte.
Mateus Angelo, líder do grupo dos skatistas explica o papel social do skate... da esq. à dir.: Antonio Simões, João, Felipe Farzzone, ... , Gabriela & Daniel.
e notem que skate também pode ser uma atividade feminina.
após os skatistas Vitor França apresenta o grupo musical
Gabriel, Gabriel Portela, ..., muito violão e vozes de um coral afinado
Gabriel, Julio, Portela, lembram música da Legião Urbana
a plateia participa
novos grupos se apresentam...


Nicholas Luiz explica a Internet.

E a manhã se passou da maneira mais agradável possível. O programa foi seguido à risca, com atraso mínimo; 8:00 abertura na quadra; 8:15 teatro (o ponto alto da programação); 8:25 'Jornal da Mosca'; 8:30 skate; 8:40 grupo instrumental e vocal; 8:50 tele-cine; 9:00 dança; 9:10 games; 9:20 futebol; 9:25 culinária. Após o show os pais se dirigiram a classes para falarem com os educadores e saberem dos caminhos trilhados por seus pupilos... isso é uma outra história na qual não vamos nos aprofundar.

Alberto Tôrres foi governador do Estado do Rio de Janeiro de 1898 a 1900.  


P.S.: gostaria de identificar com nomes as pessoas que apareceram em fotos nesta postagem. Se v. reconhecer alguém, por favor, envie os nomes dos personagens.